Rss
0

Você não pode perder essas oportunidades


Meus amigos e irmãos, leitores do Blog Consertando o Altar, aqui é o Kelvis C. de Oliveira, e vim informá-los de que, pela correria de fim de ano, há poucas postagens. Em razão disso, venho pedir desculpas, ando devendo alguns posts, mas em breve escreverei para vocês, meus queridos seguidores.

Os que me conhecem sabem, que sou Assembleiano, mas que tenho um carinho enorme pela Igreja Batista. Boa parte desse sentimento devo a minha mãe, que faz parte dessa denominação, mas também ao casal André e Orelina Barros.

Lembro de como passei uma entrada de ano chorando, e o Pastor André a me consolar. Hoje em dia, como Missionário Mobilizador de Missões Mundiais para o Ceará, Piauí e Maranhão, O Pastor André Barros e sua esposa, Orelina, transmitem em suas vidas, seu amor para com missões, para com os irmãos e para com Deus.

Mas quero aproveitar a atenção, carinho e prestígio, para vos comunicar uma oportunidade que creio eu, que vocês não vão querer deixar passar. Nos dias 18 e 19 de Janeiro de 2013, será realizado pela Editora LifeWay (Editora Esta representada pela a amada irmã Orelina), o seminário "Transformando Líderes em Discipuladores". Comece o ano aprendendo mais. Eis abaixo o convite e todas as informações.


Bom não é? E que tal começar o mês de Fevereiro com força total participando de um acampamento missionário? Se você acha uma ótima idéia, também não perca essa oportunidade.


Não perca essa chance de entrar no ano de 2013 abençoando e sendo abençoado. Agradeço a todos por fazer parte do blog nesse ano de 2012, que Deus retribua a vocês, da maneira que eu não posso. Um grande abraço, Graça e Paz, e que 2013 possar ser mais um ano de comunhão, paz, felicidades e presença de Deus.
0

He-Man: revoltado com a Teologia da Prosperidade



Quando eu era criança, achava muito legal assistir ao He-Man e à She-Ra (Na verdade eu assistia tudo que havia de programas infantis e desenhos animados). Mais legal ainda era que, no final de cada desenho, He-man deixava um conselho prático ou um ensinamento interessante (Bom, no caso de She-Ra, eu me lembro que eu tinha de encontrar Geninho...). Bons anos 80 que não voltam mais, não é?

O que me despertou, de fato, para a importância dos conselhos de He-Man foi que, num certo episódio, Esqueleto, o eterno arqui-inimigo do nosso super-herói, ficou pendurado na borda de um precipício, e a queda resultaria em sua morte. E eu, como toda criança normal, fiquei vibrante e pensei logo: "Finalmente He-Man vai pisar a mão desse cara e acabar com o mal!".

Qual não foi minha surpresa ao ver que He-Man tomou a mão de Esqueleto e o salvou! Foi um choque. Como alguém tão bom poderia salvar alguém tão mau, que só pensava em prejudicar as pessoas? -- pensava eu. Não era óbvio para mim: ele era realmente bom, e fazia algo que Cristo ensinou e praticou. No final, lembro que aquela boa atitude e bom exemplo me impactaram até hoje. Eu não me esqueço de forma alguma que Esqueleto ficou sem jeito e saiu com o rabinho entre as pernas, agradecendo ao seu rival -- e agora também herói -- por tê-lo salvado.

Pesquisando dia desses na internet, para ver se encontrava algum desses conselhos "He-Mânicos" no You Tube, encontrei vários deles. Creio que algo assim seria uma pérola para crianças e pré-adolescentes se ainda passasse na TV (e por que não dizer para os tiozões e tiazonas também?), que hoje em dia encontram desenhos superficiais, violentos, fúteis e que, raras vezes, transmitem uma boa mensagem, e de forma clara e direta.

Um desses vídeos de pérolas "He-Mânicas", tem uma temática que me deixou bastante impressionado por se encaixar perfeitamente na nossa realidadezinha "gospel": a busca de poder e dinheiro fácil, que lembra muito a nossa velha conhecida, a famigerada, a descartável, a tóxica e rebatida... "Teologia da Prosperidade".


Pois é... depois disso He-Man passou a ser, para mim, ainda mais "mano".

Por Avelar Jr, meu amigo e irmão em Cristo, no blog Não, Obrigado!
0

Quanto custa assistir uma adoração? É caro?



Por Renata Sena

A paz do Senhor a todos ;)

É necessário que Ele cresça e que eu diminua.” João 3:30

Pergunta: O que é um ministério? :D... Você consegue responder direitinho de primeira? Eu me enrolaria, mas depois conseguiria explicar, hehe. De acordo com o dicionário online Aurélio que eu achei aqui, tem seis respostas:

1 - Conjunto dos ministros que regem a nação.

2 - Edifício onde estão as repartições de um ministro.

3 - Secretaria de Estado.

4 - Ofício, cargo, função, serviço.

5 - Ofício de cura de almas ou de ministro do Evangelho.

6 - ministério público:  magistratura que, junto dos tribunais, vela pela execução das leis.


Nossa resposta, no momento está no quarto tópico, e um dos objetivos deveria sempre ser o quinto, mas infelizmente nem sempre é assim. Definindo: Ter um ministério é ter um cargo, uma função, um serviço para trabalhar para a obra de Deus. Hoje, poucas e sortudas são as pessoas que tem certeza do principal motivo pra se ter um cargo, um ministério numa determinada igreja: Alcançar as almas e falar do evangelho de Jesus para elas! É muito simples, fácil de entender. Essa é a nossa única missão.

E disse-lhes: Ide por todo mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.” Marcos 16:15

Mas, porque eu estou falando essas coisas que são obvias, assim, de uma hora para outra? Simples, eu respondo: As pessoas estão perdendo o foco! Porque? porquê algumas delas, digo: pregadores, cantores, evangelistas, pessoas que, pela graça e misericórdia do Senhor, receberam dons, talentos, sabem fazer coisas e tem uma boa oratória, deveriam era estar usando isso para proclamar o nome de Cristo enquanto ainda podem, e o pior é que a maioria começou com essa intenção, mas infelizmente, vão se perdendo no meio do caminho, e, sem querer, se apegando a vaidade e ao desejo de aparecer e ganhar dinheiro. Mas espera aí: Não pode trabalhar e ganhar dinheiro com os talentos que Deus nos deu? É CLARO QUE SIM, SE FOR DA VONTADE DELE! :) mas que primeiro esteja o desejo de louvar e adorar, o resto Deus acrescenta em sua vida.

Bem, euzinha aqui, como “tocadora da igreja”(não sou violonista nem musicista formada, então é tocadora mesmo, hehe), sempre sonhei em trabalhar da música, ganhar dinheiro com isso, fazer sucesso um dia, ter fãs, etc. Quem nunca sonhou em ser conhecido, ou ao menos imaginou como se comportar em tal situação? Ainda mais pra quem toca algum instrumento, ou sabe falar muito bem em público, prega muito bem na sua igreja, enfim. Viver dessa obra, do que Jesus te ensinou a fazer, é algo maravilhoso e desejável por muita gente. Mas eu acho que nem todos conseguem fazer isso. Infelizmente, muitos dos que conseguiram “chegar lá” e hoje são conhecidos, se perdem de vez em quando (e em alguns casos, quase sempre) e acabam não fazendo o principal, que é LOUVAR E ENGRANDECER O NOME DE JESUS. Do que adiantaria o pregador ficar famoso no país inteiro por falar muito bem, por ser desembaraçado em suas palavras, ter muitos livros vendidos, ser persuasivo, convincente e querido, ou a cantora ficar conhecida por louvar forte, ter muitos CDs gravados, e ter uma voz muito linda, se os dois não tem mais tanto desejo de ajudar as pessoas a aceitarem o nome de Jesus, porem agora eles querem dividir essa intenção com a de ganhar dinheiro com isso?

Buscai, pois, em PRIMEIRO lugar, o seu reino, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” Mateus 6:33



Eu já ouvi falar de “adoradores” cobrarem mais de R$100.000,000 pra se apresentarem em um evento gospel. EU SEI que eles tem que ter seu sustento, tem que comer, pagar transporte, e tudo mais. Mas fala sério, acha mesmo que precisa disso tudo? Acha mesmo que Deus se agrada de você cobrando tanto para as pessoas verem você usar um talento que Ele te deu de graça???

Você que sonha em ganhar dinheiro com seus dons ministeriais , eu sei que você também vai dizer “Mas é uma maneira de eu garantir meu sustento e me dedicar ao meu chamado ao mesmo tempo!”...eu sei meu irmão. Também quero muito isso na minha vida,eu te entendo! Kkkk... só estou dizendo que as pessoas deveria se preocupar primeiro em usar seu chamado pra ajudar as pessoas a ouvirem a palavra de Deus, mesmo que isso não lhe dê muito dinheiro. As pessoas tem que aprender a confiar mais no Senhor! Ele vai cuidar de você, não vai deixar faltar nada no teu lar, e vai te fazer muito feliz. Apenas devolva a Ele o talento que Ele te deu gratuitamente, louvando de puro coração e para Ele, não para as pessoas verem o quanto você fala bem, ou canta bem.

Mas só vai dar certo se você tiver somente um desejo: Adorar a Jesus e evangelizar as pessoas. Porque se você quer usar seu ministério para ser conhecido, e não para o Ofício de cura de almas ou de ministro do Evangelho (tópico da lista acima), você tanto não vai ter unção, nem ser usado por Ele, como também vai ter falhado como o adorador que um dia aceitou a Ele como seu único salvador. Pode até se tornar conhecido, falando o que as pessoas querem ouvir, mas não vai ser correto e ainda pode condenar a ti mesmo por não falar corretamente de Cristo para as pessoas. Confie! Ele vai te salvar de tudo. É só confiar. Nada de usar seus dons com vaidade e interesse. Seja humilde sempre. E se alguém chegar e te elogiar assim: “Poxa! Você tem uma voz muito linda!” Ou “Nossa! Você tem uma palavra poderosa!”, apenas sorria humildemente, agradeça e diga: É para a honra e glória do meu Senhor Jesus. ^^


E se, ainda que você “obedeça todas essas regrinhas sobre como ser um adorador e com um ministério tremendo”, e não se tornar conhecido aqui na terra, se as pessoas não ficarem satisfeitas com as suas palavras de fé, evangelização, e louvor. Tenha certeza de uma coisa: SEU MINISTÉRIO NÃO ESTÁ FRACASSADO NÃO, muito pelo contrario, pois nós devemos dedicar nosso serviço para tentar agradar ao Senhor. E eu GARANTO: se você se dedica a agradar a Ele, sei que, na hora do seu simples sermão, ou na hora do seu simples louvor, ambos aparentemente simples, porem cheio de amor, Deus se inclina ,lá no alto, só para te ouvir.

Devolva a Ele o que Ele te deu. Ele vai acrescentar e cuidar de você. Ele te ama MUITO.

É isso! Um beijão para todos e a paz do Senhor. ^_^


0

Notícia Arriégua da Semana: Pr. Silas Malafaia fala sobre Festival Promessas: “Nosso interesse é o Reino”


Por Tiago Chagas, para o Gospel+


O pastor Silas Malafaia foi convidado pela organização do Troféu Promessas para ministrar uma palavra durante a cerimônia de entrega das premiações, que contou ainda com apresentações de música gospel.
Durante o evento, Malafaia afirmou que a aproximação da TV Globo com as igrejas se dá porque a emissora sabe que em breve a população brasileira será formada majoritariamente por evangélicos.
Malafaia se manifestou favorável à organização de um evento gospel por uma empresa secular, e afirmou, em entrevista ao Guia-me, que embora os interesses sejam diferentes, o resultado é a divulgação do Evangelho: “Não interessa se eles têm interesse comercial, nosso interesse é Reino. E outra, se os cantores se vendessem pra Globo, todo mundo seria da Som Livre, ninguém seria da Central, da MK, da Sony…”, afirmou.
Para o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, é importante aproveitar a oportunidade de estabelecer parceria com as Organizações Globo: “O apóstolo Paulo falou que importa é que o evangelho seja pregado. Pode ser por contenda, por porfia, até por escândalo, não importa. Chegaram para Jesus e disseram: ‘olha, tem uns caras aí pregando de uma forma diferente’. E Ele disse: ‘quem não é contra nós, é por nós’”, argumentou o pastor.
A medida de comparação do pastor Malafaia é o crédito que atualmente é dado aos evangélicos: “Um dia desses a produção do Fantástico me ligou pra saber se era seita ou se era igreja evangélica [...] Hoje, antes de falarem mal de pastor me ligam. Será que isso é ruim?”, questionou, fazendo menção ao caso da seita de “Israelitas”, acusada de ligação com o narcotráfico e de cultivo de e refino de cocaína na fronteira do Brasil com o Peru.
Acostumado a criticar quem diverge de suas opiniões, o pastor voltou a atacar formadores de opinião que pensam diferente dele: “Um bando de gente tem inveja do sucesso dos outros. Com o advento da internet, ‘famosos anônimos recalcados’ querem atirar pedras em quem Deus tem abençoado”, disse, antes de ressaltar mais uma vez que apesar de ser alvo de diversas críticas no meio evangélico, a Globo é um poderoso meio de comunicação: “Não importa se é o SBT, a Globo ou a Record. É pra divulgar o evangelho? Então vamos”.
Também presente no evento, o pastor Juanribe Pagliarin afirmou, segundo o site Creio, que “a paixão dos evangélicos é estar na Globo. Parabéns à Globo e aos realizadores [do Troféu Promessas] por esta aproximação”.
***

Nota: Confesso que no começo da minha caminhada cristã, o Pastor Silas Malafaia era um dos meus referenciais. Mas o que vejo de um tempo pra cá, é que o mesmo vem tendo objetivos diferentes.Já fiquei triste em relação ao Pastor Silas, e já fiquei com lágrimas nos olhos ao ver a mudança e o caminho que o mesmo está percorrendo.
Nosso interesse é o reino? Sinceramente, não vejo tal evento com este interesse. O que vejo, são artistas que querem se promover. O que vejo é um mercantilismo do Evangelho. O que vejo é hinos (hinos?) antropocêntricos, voltados para o que as pessoas querem ouvir.  O que vejo é multidões que presenciam por causa de fulano e beltrano.
Nem preciso falar do exibicionismo. Quem dera que tal festival tivesse o alvo o Reino de Deus. Peço a você que reflita comigo um pouco sobre as seguintes indagações do Pastor Ciro Sanches Zibordi: 
Aquela multidão de evangélicos que compareceu ao festival em apreço estava ali por amor à Palavra de Deus e ao Deus da Palavra? 
Permaneceriam aqueles jovens no mesmo lugar, atentos, caso ouvissem um “duro discurso”? Penso que não. Afinal, nos shows gospel, “dá vontade de pular, dá vontade de dançar, dá vontade de gritar, dá vontade de correr”. Só não dá vontade de ouvir a Palavra de Deus.
Só pra concluir, ressalto que a afirmação de Malafaia foi infeliz, e chamar quem discorda de suas opiniões de invejosos, anônimos recalcados e atiradores de pedras foi no mínimo arrogante. Não sabia que tínhamos que concordar com todas as afirmações e práticas de um líder que se acha autossuficiente para não receber críticas.
Deixo alguns versículos abaixo para serem refletidos e analisados:
Ainda que o SENHOR é excelso, atenta todavia para o humilde; mas ao soberbo conhece-o de longe. (Salmos 138:6)
E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (Romanos 12:2)
Por um Evangelho Puro e Simples,
Kelvis C. de Oliveira